COMER, ALIMENTAR E NUTRIR, QUAL A DIFERENÇA

COMER, ALIMENTAR E NUTRIR, QUAL A DIFERENÇA?

Nos Primórdios o homem tinha que buscar na natureza a sua comida. Vivia basicamente da caça, pesca e de frutas e vegetais. Ele não sabia nem tinha noção do que era necessário, apenas sentia fome e buscava algo para comer. A comida tinha apenas a função da alimentação quando necessário. Hoje em dia com a urbanização, a evolução tecnológica e econômica a comida passou a ter três funções: a alimentação, o prazer e o social, por isso hoje temos muita oferta de alimentos como: biscoito, sanduiches (fast-food), salgados, pães, doces, comida congelada, etc. de tal forma que a ingestão de alimentos hoje é o dobro da de que era a cerca de 100 (cem) anos atrás. O pior de tudo que na sua grande maioria com pouco ou nenhum valor nutricional. Têm muita gordura, açúcar e sal (que dá sabor) e poucos nutrientes.

É necessário saber que o nosso corpo é constituído de células. Cerca de 100 (cem) trilhões delas. As células nascem se reproduzem e morrem. Para que este processo seja bem feito é necessário nutrir as células com micro nutrientes (vitaminas e minerais) e macro nutrientes (carboidratos, proteínas). As fibras e a água também são essenciais a nossa saúde.

Quanto melhor nutrirmos as células, mais perfeita será a sua reprodução. Neste caso teremos mais saúde, mais imunidade, menos doenças e maiores serão as chances de viveremos mais anos e envelhecermos com saúde. Hoje, o ato de comer está cada vez mais distante da função principal que é a nutrição. Está havendo um completo desequilíbrio com muita ingestão de gordura, açúcar, sal, hormônios, pesticidas, ingredientes químicos e pouca ingestão dos nutrientes necessários a boa reprodução das células. Isto tem elevado o índice de óbitos, principalmente, devido a paradas cardíacas, acidentes cerebrais (AVC) e câncer. Também hoje já temos quase 50% (cinqüenta por cento) de pessoas com sobrepeso ou obesas.

Devido a uma série de problemas as pessoas não estão se alimentando bem. Os alimentos naturais já não têm a mesma qualidade de antigamente. O solo está desmineralizado. É usado adubo químico e pesticida. A colheita antecipada, a armazenagem, o transporte contribuem para uma maior redução dos nutrientes.

Devido a todos os problemas explicados acima se faz necessário hoje uma complementação da nossa alimentação com suplementos nutricionais.

Como fazer esta complementação? Com que produtos?

Aguardem os próximos artigos.

About these ads
Esse post foi publicado em bem estar, nutrição, saúde. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para COMER, ALIMENTAR E NUTRIR, QUAL A DIFERENÇA

  1. Sidney virgilio da costa disse:

    Bom dia Seu Fernando

    Olha muito obrigado pela lembrança e agradeço demais pelo senhor ter pesquisado essa parte do sódio, porque realmente, eu estava precisando verificar essas quantidades em virtude do problema apresentado pela carla. Em realçao àqueles temperos como o limão, ervas e cebola , isso eu já faço na salada lá em casa, com a inclusão também de pimentao verde e amarelo. Agora teremos uma base em relação às quantidades de sal utilizadas para um maior controle e resultado final, que é a Carla se livrar desse problema. Adorei seu blog e sempre estarei acessando e deixando minhas participações, e isso com certeza irá me ajudar também porque tenho histórico de diabetes na família, e claro, quero também melhor minha qualidade de vida e afastar esses problemas. Muito obrigado Seu Fernando e até semana que vem.

    abraços.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s